FEMINICÍDIO

Mulher é encontrada esquartejada em matagal de Ipojuca


O suspeito foi preso. A vítima foi esquartejada dentro da casa do assassino.         

Maria Luiza Falcão
Maria Luiza Falcão
Publicado em 30/07/2018 às 8:02
Imagem ilustrativa/Fotos Públicas
FOTO: Imagem ilustrativa/Fotos Públicas
Leitura:

Uma mulher foi encontrada morte e esquartejada num matagal no bairro de São Miguel, em Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife. A vítima não foi identificada e o corpo dela está no Instituto de Medicina Legal do Recife, no bairro de Santo Amaro, área central da cidade. Saiba mais na reportagem de Juliana Oliveira:

De acordo com a Polícia, o caldeireiro Albertino Fortunato de Oliveira Filho, de 52 anos, é o principal suspeito de ter cometido o crime. Ele é funcionário do Porto de Suape e foi preso na residência de familiares, no município de Sirinhaém, no Litoral Sul do Estado.

Nesta segunda-feira (30), Albertino Fortunato de Oliveira Filho será encaminhado para audiência de custódia. Na residência do suspeito, onde a polícia acredita que o crime tenha acontecido, foram encontrados vestígios de sangue e uma faca. Foi autuado em flagrante por feminicídio e ocultação de cadáver.

Crime brutal

O assassinato brutal chocou a vizinhança. O imóvel estava alugado há seis meses e Albertino Fortunato de Oliveira Filho era pouco conhecido entre os moradores.

Uma testemunha que não será identificada fala das sacolas utilizadas pelo caldeireiro para transportar o corpo da mulher. "Ele esperou um carro passar e caminhou pela beira da pista com um pacote. Depois veio e trouxe outro", afirma.

O delegado do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa responsável pela ocorrência, Jorge Ferreira, detalhou o cenário encontrado neste domingo.


Mais Lidas