abuso

Polícia investiga estupro de crianças em escola particular no Recife


O suspeito de cometer os abusos a seis crianças entre 2 e 5 anos é o marido da proprietária da escola

Mayra Milenna Gomes
Mayra Milenna Gomes
Publicado em 31/07/2018 às 7:59
Foto: Ezequiel Perino / TV Jornal
FOTO: Foto: Ezequiel Perino / TV Jornal
Leitura:

A Polícia Civil de Pernambuco investiga um suposto estupro de vulnerável contra seis crianças em uma escola de reforço particular no bairro de Santo Amaro, área central do Recife. O suspeito de cometer os abusos é o marido da proprietária da escola. O delegado Ademir Oliveira, responsável pelo caso, disse que que as crianças serão ouvidas e farão exame sexológico no Instituto de Medicina Legal (IML). A informação repassada pela polícia é a de que o homem manipulava os órgãos genitais das crianças, que tem idade entre 2 e 5 anos.

Ouça informações com Felipe Leandro:

Sinais

As menores se queixaram aos pais de dores nos órgãos genitais, que também apresentam vermelhidão. Segundo as denúncias dos pais, as crianças eram levadas para a casa do casal que fica no andar de cima da escolinha. O delgado orienta a observarem o comportamento dos filhos. "O sinal mais evidente é a mudança de comportamento das crianças. Diante disso, a mãe e o pai devem conversar com a criança para ela dizer o que está acontecendo e se está sofrendo algum tipo de violência. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Proteção da Criança e Adolescente (DPCA).


Mais Lidas