eleições 2018

Foi por protagonismo, diz Dilson Peixoto sobre rifar Marília


O ex-secretário Estadual das Cidades disse que Marília Arraes é jovem e vai ter muitas eleições pela frente. "Com tranquilidade a gente cura as feridas", falou

Mayra Milenna Gomes
Mayra Milenna Gomes
Publicado em 02/08/2018 às 9:10
Foto: Guga Matos/JC Imagem
FOTO: Foto: Guga Matos/JC Imagem
Leitura:

O ex-vereador e ex-secretário Estadual das Cidades Dilson Peixoto, em entrevista ao Passando a Limpo nesta sexta-feira (2), falou sobre o apoio do PT nacional à aliança entre o partido e o PSB em Pernambuco. A decisão inviabiliza uma candidatura própria e tira Marília Arraes da disputa ao Governo do Estado. "O PT resolveu assumir o protagonismo que ele tem. Lula, mesmo em uma prisão injusta, mesmo nesta situação, é líder em qualquer pesquisa. Quem tem alguém como Lula precisa pensar em retomar a regra do jogo", falou.

"A decisão foi discutida com Lula e comunicada há muito tempo: a palavra final de qualquer aliança em qualquer estado do País seria da direção nacional, algo estabelecido no congresso nacional do PT em 2017", lembrou. Peixoto ainda afirmou que, seja quem for, o candidato do PT vai precisar de aliança e gente ao lado dele.

Ouça entrevista completa:

Marília Arraes

Peixoto ainda declarou que Marília Arraes sabia, desde a primeira reunião, que o PT discutia uma aliança com o PSB e o PCdoB e que a junção atendia a um pedido de Lula. Ele espera que haja tranquilidade por parte de Marília porque "ela é fundamental neste momento". "Ela é jovem, vai ter muitas eleições pela frente. Eu tenho certeza que, com tranquilidade, a gente cura as feridas e as coisas voltam ao normal".


Mais Lidas