Crime

Suspeito de matar a própria mãe a tiros vai para presídio de Palmares


Maria Lucivânia da Silva, 35, estava grávida de 3 meses e foi assassinada pelo filho, Adriel Werick, 19, a tiros

Antônio Gabriel Machado
Antônio Gabriel Machado
Publicado em 06/08/2018 às 10:03
Google Street View
FOTO: Google Street View
Leitura:

Foi encaminhado para o presídio de Palmares, na Mata Sul de Pernambuco, o jovem Adriel Werick da Silva, 19, suspeito de matar a própria mãe com três tiros em Laje Grande, na zona rural de Catende, também na Mata Sul do estado. O crime aconteceu no último sábado (4).

A vítima, Maria Lucivânia da Silva, 35, estava grávida de três meses. Segundo a polícia, Adriel cometeu o crime para roubar R$ 1 mil, uma pistola e um revólver que estava dentro da casa da mãe. "Ela ia viajar à tarde para o Recife. Quando ela foi tomar banho, ele já tinha arrombado o guarda-roupa e pegado a arma dela e o dinheiro. Ela correu até mim, me abraçou. Corri para chamar ajuda, mas não adiantou", disse o outro filho da vítima, que preferiu não se identificar e foi testemunha do crime.

Adriel Werick da Silva se disse arrependido do crime. "A gente não se dava bem não. Desde pequeno ele tentou me matar, esperei ela subir. Vou pegar ela em casa. Se arrepende pois é mãe. Quando eu chegava, ela sempre deixava lá uma pistola e revólver".

Corpo será liberado pelo IML de Caruaru

O corpo de Maria Lucivânia da Silva será liberado ainda na manhã desta segunda-feira (6) no IML de Caruaru. O sepultamento acontecerá em Bonança, também no interior do estado.


Mais Lidas