INSEGURANÇA

Presos por furtos a imóveis em Afogados geraram prejuízo de mais de R$ 200 mil


Dez pessoas foram presas e dois menores apreendidos por furtos a estabelecimentos comerciais e residências no bairro de Afogados, na Zona Oeste do Recife

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 07/08/2018 às 15:19
Reprodução/ TV Jornal
FOTO: Reprodução/ TV Jornal
Leitura:

A Polícia Civil em Pernambuco apresentou nesta terça-feira (7) os detalhes da Operação Subtracta com foco no combate aos furtos em estabelecimentos comerciais e residenciais no bairro de Afogados, na Zona Oeste do Recife. Dez pessoas foram presas e dois menores apreendidos. Eles são suspeitos de envolvimentos em pelo menos 20 casos que estão sendo investigados. O prejuízo estimado para as vítimas é de mais de R$ 200 mil.

O delegado Igor Leite detalha a operação. “Todos os indivíduos do grupo se conheciam e eles praticavam furtos principalmente a estabelecimentos comerciais da área de Afogados e residências. Uma característica do grupo era, além de praticarem juntos a venda dos produtos dos arrombamentos, eles também repassavam informações do modus operandi que utilizavam”, contou.

Saiba mais na reportagem de Cristiano Bassan:

Presos

Entre os presos estão Alisson Maciano da Silva, conhecido como “Pezinho”, de 43 anos, já preso e condenado quatro vezes por crimes de furto), e Anderson Santana da Silva, o "Dudu”, de 32 anos, que já está preso e condenado pela prática de tráfico, furto e receptação.

Ainda segundo o delegado Igor Leite, dos dez suspeitos presos, apenas três não têm antecedentes criminais. As pessoas que adquiriram os produtos roubados estão sendo investigadas e podem ser autuadas por receptação.


Mais Lidas