Política

Lula diz que Haddad será sua voz e suas pernas


O ex-presidente indicou Fernando Haddad como seu representante durante debates e outros compromissos de campanha

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 09/08/2018 às 23:36
Foto: Divulgação
FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por meio do presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, mandou um recado para os setores do Partido dos Trabalhadores que pretendem limitar a exposição de Fernando Haddad, escolhido para ser vice em sua chapa. Segundo Vagner, Lula indicou Haddad para ser seu representante, sua voz e suas pernas em debates e outros compromissos de campanha, enquanto ele permanece preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

"O Fernando Haddad é o representante dele enquanto ele estiver preso. Fala em nome dele, deve representá-lo nos debates e aparições públicas, deve viajar o Brasil, porque ele é a voz de Lula. Essa tarefa é dada ao Fernando pelo próprio presidente Lula e isso é muito importante para que nós tenhamos a possibilidade de Lula ser representado", explicou Vagner.

Na quarta (8), a Executiva Nacional do PT decidiu que Fernando Haddad não participaria do debate na TV Bandeirantes. O grupo, que é contra a escolha de Haddad para vice, teve que abrir um debate na tentativa de limitar as ações do candidato. Os dirigentes petistas consideram a atitude como uma tentativa de submeter o ex-prefeito de São Paulo a um provável segundo turno, dentro do próprio partido, durante o processo de escolha do sucessor de Lula nas eleições. De acordo com membros do partido, o que está por trás do discurso é a manutenção da disputa pela vaga de Lula na corrida pela presidência. Além de Fernando Haddad, outros cotados são: Gleisi Hoffmann, presidente do PT e o ex-ministro Jaques Wagner.


Mais Lidas