Política

"Isso é inconstitucional", diz Asfora sobre os auxílios


O vereador entrou com um projeto de lei para acabar com o auxílio combustível e o auxílio paletó recebido pelos vereadores da Câmara

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 16/08/2018 às 22:55
Vereador e autor de um dos projetos contra o auxílio
FOTO: Vereador e autor de um dos projetos contra o auxílio
Leitura:

Na última terça-feira (14), foram apresentados dois projetos de Lei Ordinária que alteram e extinguem os auxílios dados aos vereadores da Câmara Municipal do Recife. Esses auxílios são interpretados como uma maneira de aumentar o salário dos parlamentares. Vale ressaltar que no último mês de julho foi aprovado um projeto de lei dando um aumento de 15% no auxílio-refeição dos vereadores e servidores. Em entrevista ao comunicador Ednaldo Santos, na Rádio Jornal, o vereador e autor de um dos projetos, Jayme Asfora falou como pretende encaminhar os projetos.

Segundo Jayme, a briga pelo fim dessas regalias, consideradas indevidas, é antiga. Desde quando ele era presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco (OAB-PE). "Nós que fazemos a OAB somos contra esses famosos penduricalhos, essas regalias indevidas. E por que são indevidas ? São verbas ditas indenizatórias, mas que não tem nada de indenizatórias. São maneiras indiretas de aumentar o salário. Isso é inconstitucional", declarou.

Jayme vai trabalhar com os projetos para extinguir o auxílio combustível e o auxílio paletó. Para ele, a sociedade precisa se engajar para que temas como esse sejam discutidos e para que os projetos tenham força para seguir em frente. "Eu acho que a reação da casa (Câmara), a velocidade com que esse projeto vai tramitar, a velocidade com que ele pode ser aprovado, vai depender do engajamento da sociedade. A sociedade hoje tem as redes sociais, a imprensa ajuda muito por sempre discutir esses temas. Vai ser em razão direta com o envolvimento da sociedade", completou.

Ouça a entrevista completa:


Mais Lidas