ELEIÇÕES

No Recife, já é possível encontrar equipes de candidatos pedindo votos


O período para propagandas eleitorais teve início nesta quinta-feira (16); este ano, as regras para os candidatos ficaram mais rígidas

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 16/08/2018 às 14:07
Rafael Carneiro/ Rádio Jornal
FOTO: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal
Leitura:

O período de propagandas eleitorais começou nesta quinta-feira (16). Apesar de liberadas, há regras para as propagandas. Estão proibidos cavaletes e qualquer objeto que atrapalhe a passagem nas calçadas assim como os outdoors. Bandeiras são permitidas, desde que não prejudiquem nem pedestres nem o trânsito.

A propaganda também é considerada irregular quando é realizada próximo ou dentro de igrejas, templos religiosos, prédios de repartições públicas, hospitais e escolas. Carros de som e minitrios só em carreatas, entre as 8h e às 22h. Panfletos com fotos e números dos candidatos, estão liberados, mas sujar as ruas não.

Nas ruas do Recife, já é possível encontrar equipes de candidatos pedindo votos. Eleitores que estão passando pelo Derby ou pela Av. Conde da Boa Vista, na área central do Recife, já estão sendo abordados com os famosos santinhos. A aposentada Inailda Tavares ficou surpresa com a abordagem. “A menina só entregou. Não falou nada”, disse.

A participação de artistas em eventos políticos é proibida. Nos veículos, também vai haver fiscalização: o tamanho máximo para adesivos, nas laterais, é de meio metro quadrado. Um de cada lado. No vidro de trás, é possível colocar adesivo perfurado, aquele que permite a visão de dentro pra fora.

Em fachadas de prédios particulares, só será permitido um adesivo, até meio metro quadrado. E não pode haver pagamento. Distribuição de brindes como canetas, chaveiros, camisas, cestas básicas, também não pode.

Saiba mais na reportagem de Gabriela Bento:

Propaganda na internet

Na internet, também há regras, os candidatos, coligações ou partidos, podem apenas ampliar e compartilhar as propagandas, mas é proibido impulsionar. De acordo com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, Luiz Carlos de Barros Figueiredo, quem deve fiscalizar é o povo.

Denúncias

Para fazer denúncias de propaganda eleitoral irregular, o eleitor pode ligar ou mandar whastapp para o telefone 9 7110 0757, mandar um e-mail para propaganda.internet@tre_pe.jus.br ou baixar o aplicativo pardal do TRE no celular, que vai estar disponível nos próximos dias.


Mais Lidas