SOCORRO

Operação Socorro prende suspeitos de 20 homicídios em Jaboatão


Entre os alvos da Polícia estão quatro suspeitos já presos. A Operação Socorro acontece no bairro de mesmo nome, em Jaboatão

Maria Luiza Falcão
Maria Luiza Falcão
Publicado em 17/08/2018 às 9:08
Foto: Reprodução/Google Street View
FOTO: Foto: Reprodução/Google Street View
Leitura:

A 33° Operação de Repressão Qualificada, denominada de ‘Socorro’, foi desencadeada na manhã desta sexta-feira (17) com o objetivo de desarticular um grupo criminoso voltado aos crimes de homicídios, tráfico de drogas, extorsão e porte e comércio de armas de fogo e explosivos no bairro do Socorro, em Jaboatão dos Guararapes. Nela, foram cumpridos nove mandados de prisão, sendo quatro direcionados a alvos já presos.

De acordo com a Polícia Civil, outros três mandatos de busca e apreensão domiciliar também estão sendo cumpridos. Saiba mais na reportagem de Rafael Carneiro:

Todos os mandatos foram expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Jaboatão dos Guararapes. Na operação, foram acionados 60 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães.

Detalhes

De acordo com o chefe da Polícia Civil Joselito Amaral, o líder do grupo era Wanderley Roberto, o Lelo, que chefiava o grupo de dentro do presídio com a ajuda do irmão, que também era alvo da Operação. Conhecido como Val, Genival José Roberto tinha 8 mandados de prisão contra ele.

O grupo é suspeito de ter cometido pelo menos 20 homicídios. Há também a possibilidade da quadrilha ter envolvimento em explosões de bancos.


Mais Lidas