MÚSICA

Morre vocalista da Banda Torpedo Deivison Kellrs


Deivison respirava com ajuda de aparelhos desde o dia 10 de agosto

Maria Luiza Falcão
Maria Luiza Falcão
Publicado em 19/08/2018 às 16:31
Reprodução/ TV Jornal
FOTO: Reprodução/ TV Jornal
Leitura:

Faleceu na tarde deste domingo (19), vocalista da Banda Torpedo Deivison Kellrs, de 30 anos. Ele enfrentava um câncer no fígado desde 2016. O cantor estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular no Recife e respirava com ajuda de aparelhos desde o dia 10.

Deivison, que começou a carreira aos 14 anos, se afastou dos palcos em julho de 2017, mas sempre usou as redes sociais para retribuir o carinho dos mais de 500 mil fãs que o seguiam. Foi pelas redes sociais que a notícia da morte dele foi confirmada. Primeiro pela cantora e amiga pessoal de Deivison, Michele Melo, depois pela assessoria da banda. O velório acontece na Câmara de Vereadores do Recife, a partir da uma da manhã desta segunda-feira (20). O enterro será no Cemitério de Santo Amaro, às 15h.

Homenagem

Deivison Kellrs desligou os microfones, mas sua voz não se calou. Ela é eterna na música pernambucana e no coração dos fãs. Acompanhe a homenagem da Rádio Jornal na voz de Natália Hermosa:

Nosso guerreiro descansou e partiu, está nos braços do nosso senhor! Postado pela assessoria: @silvanomelo

Uma publicação compartilhada por Banda Torpedo (@bandatorpedo) em

Carreira e últimos dias

Cantor da Banda Torpedo, Deivison Kellrs
Cantor da Banda Torpedo Deivison Kellrs esteve na TV Jornal no dia 25 de julho
Reprodução/ TV Jornal

Em novembro do ano passado ele chegou a participar de três shows, um deles em comemoração ao aniversário da Banda Torpedo, mas como precisava de repouso, mais uma vez Deivison teve que deixar de cantar.

O primeiro vocalista da Torpedo, também passou por outras bandas, a Tsunami e a Boa Toda. Conquistando amigos em todos os lugares, Deivison era muito querido também entre os colegas de profissão, os cantores de brega.

O último programa de televisão que o artista participou foi o interativo, da Tv Jornal, no dia 25 de julho. Ele estava divulgando um show beneficente para ajudar a arrecadar dinheiro para o tratamento que custava em média R$ 12 mil por mês. Entre as atrações, as bandas Torpedo, Sedutora, Swing do Amor, Espartilho, Infiel, além de nomes como Michelle Melo, MC Elvis, Dadá Boladão, MC Tocha, MC Japão, Roginho, Danilo Bolado, Clebinho e Anderson Roger. Com amigos e família, Deivison também falou sobre as principais dificuldades do tratamento, como a limitação da mobilidade.

Para reduzir as dificuldades, Deivison recebeu uma cadeira de rodas da Rádio Jornal. A mãe dele falou das dificuldades do tratamento e o cantor agradeceu por toda a corrente do bem que se formou em volta dele.

O vocalista não chegou a ir ao show que estava marcado para 4 de agosto. No mesmo dia, à tarde, ele passou mal e teve que ser internado em um hospital particular do Recife. Foi montada uma estrutura no quarto para atender ao cantor que respirava com a ajuda de aparelhos.

Outra perda

Em novembro de 2017, a Banda Torpedo perdia o baixista Duda Bass. Ele faleceu vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). A Banda Torpedo cancelou um show que faria em Caruaru quando a fatalidade ocorreu.


Mais Lidas