Balanço das Notícias

Ednaldo Santos

access_time

18:00

A Hora do Ângelus

Ave Maria

access_time

18:05

Bola Rolando

Ednaldo Santos

Balanço das Notícias

Ednaldo Santos

access_time

18:00

A Hora do Ângelus

Ave Maria

access_time

18:05

Bola Rolando

Ednaldo Santos

search close
SERTÃO

Presos mais dois participantes de tentativa de roubo a avião em Salgueiro

PM informa que os dois confessaram o crime e disseram que iriam transportar o dinheiro roubado e as armas

Informações do JC online
Carro usado por suspeitos ficou crivado de balas
Carro usado por suspeitos ficou crivado de balas
Divulgação

Além dos quatro homens presos durante a cinematográca tentativa de assalto a um avião de transporte de valores, anteontem, no Aeroporto de Salgueiro, no Sertão pernambucano, outros dois foram detidos pela Polícia Militar, cerca de uma hora e meia depois, em Izacolândia, divisa com o município de Lagoa Grande, na região. Segundo a assessoria da PM, os homens (de 36 e 59 anos) confessaram participação no crime e informaram que estariam encarregados de levar o dinheiro roubado e o armamento utilizado na ação frustrada pela Polícia Federal de Juazeiro, na Bahia. Seis suspeitos foram mortos, um ficou ferido e o piloto do avião também foi baleado.

A PF não quis se pronunciar sobre o andamento das investigações, ontem.

Conforme a PM, o 5º Batalhão foi informado pela PF que um grupo teria fugido com destino a Petrolina e possivelmente estaria utilizando um veículo F4000 vermelho. Diante disso, os acessos ao município foram bloqueados. Por volta das 11h30, uma equipe do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) abordou o caminhão.

“A dupla apontou uma chácara onde teriam armas escondidas, situada em Nova Descoberta, em Petrolina, e que pertencia a um dos membros da quadrilha, vulgo Papagaio, que foi morto durante o confronto. No local indicado foram encontradas uma espingarda calibre 32, com três munições do mesmo calibre e uma pistola calibre 380, com quatro carregadores, além de 39 munições do mesmo calibre”, informa a PM. Os homens e o material foram encaminhados a PF.

O ROUBO

A quadrilha, apontada como uma das principais da região em roubos a carros-fortes e com atuação interestadual, invadiu a pista do aeroporto quando o avião aterrissava para abastecer dois carros-fortes e atirou no piloto, segundo a PF, que já esperava no local. Os homens tinham uma metralhadora ponto 50 (capaz de disparar 600 tiros por minuto, alcançar 6,9 quilômetros e furar blindagem de aviões e veículos) acoplada a uma Hylux, além de seis fuzis AK 47, todas armas exclusivas das Forças Armadas.


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.