search close
Estelionatário é detido emitindo certificados falsos de supletivos
Suspeito foi preso no momento em que estava entregando um certificado - Foto: Divulgação/ Polícia Civil
ESTELIONATO

Estelionatário é detido emitindo certificados falsos de supletivos

O estudante Felipe Ferreira de Carvalho, de 26 anos, foi detido quando estava entregando um dos certificados falsos de conclusão de cursos supletivos

Foi encaminhado para audiência de custódia o universitário Felipe Ferreira de Carvalho, de 26 anos, suspeito de emitir certificados falsos de conclusão de cursos supletivos no Recife. O homem foi detido no prédio Santa Helena, no bairro de São José, na área central do Recife, onde usava uma das salas para realizar provas com os alunos.

No momento em que foi detido, Felipe estava entregando um certificado a uma das vítimas. De acordo com a delegada adjunta de estelionato, Viviane Santa Cruz, mais de 30 documentos estavam prontos para serem entregues. Todos eles tinham carimbo, assinatura e o nome de um curso supletivo que funciona no estado da Paraíba.

Cada certificado era vendido por R$ 250 e o suspeito dizia que a empresa era uma filial do outro Estado. As investigações começaram há um mês quando as próprias vítimas desconfiaram da procedência dos certificados e procuraram o dono do verdadeiro na paraíba que denunciou o universitário.

As vítimas foram atraídas por anúncios nas redes sociais e em panfletos que eram distribuídos no centro do Recife. A polícia ainda não contabilizou o total de documentos fraudados. Felipe foi preso em flagrante por estelionato e confessou as fraudes.

A delegada alerta que outras pessoas que tenham sido vítimas procurem a polícia.

No prédio, a polícia apreendeu, além dos certificados, R$ 200 em dinheiro, notebook, carimbos, fichas de inscrição e as provas realizadas pelos alunos.

Confira os detalhes na reportagem de Juliana Oliveira:

Orientação

A delegada orienta que as pessoas que tiverem interesse neste tipo de curso procurem informações na Secretaria de Educação do Estado.


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.