Marina declara "voto crítico" a Fernando Haddad

Em nota Marina afirmou que fará uma oposição democrática a Fernando Haddad

ELEIÇÕES
Marina declara

Marina ficou em oitavo lugar no primeiro turno, com 1% dos votos - Foto: Ándre Carvalho/CNI

A candidata Marina Silva da Rede Sustentabilidade, declarou nesta segunda-feira (22) “voto crítico no candidato Fernando Haddad do PT, no segundo turno da eleição contra o candidato do PSL, Jair Bolsonaro.

No primeiro turno, a candidata ficou em oitavo lugar na corrida presidencial, com 1% dos votos. Em nota, Marina Silva disse que fará uma oposição democrática a Fernando Haddad.

Confira a nota

"Diante do pior risco iminente, de ações que, como diz Hannah Arendt, 'destroem sempre que surgem', 'banalizando o mal', propugnadas pela campanha do candidato Bolsonaro, darei um voto crítico e farei oposição democrática a uma pessoa que, 'pelo menos' e ainda bem, não prega a extinção dos direitos dos índios, a discriminação das minorias, a repressão aos movimentos, o aviltamento ainda maior das mulheres, negros e pobres, o m da base legal e das estruturas da proteção ambiental, que é o professor Fernando Haddad”, disse Marina.

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.