Superior Tribunal de Justiça nega habeas corpus a Lula Cabral

O prefeito do Cabo está preso suspeito de desvio de dinheiro da previdência municipal

CABOPREV
Superior Tribunal de Justiça nega habeas corpus a Lula Cabral

Prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, está preso no Cotel - Foto: Divulgação/ Alepe

O pedido de habeas corpus em favor de Lula Cabral foi negado pela ministra do Superior Tribunal de Justiça Laurita Vaz. O próximo passo da defesa do prefeito do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife, é apresentar um recurso no Supremo Tribunal Federal.

Operação abismo

O prefeito do foi preso no dia 19 de outro dentro da Operação Abismo, ele é suspeito de envolvimento na fraude que desviou mais de R$ 90 milhões da previdência do município. Os recursos foram retirados de uma instituição financeira sólida para um fundo de investimentos sem lastro.

Na prática, os servidores da prefeitura do Cabo correm o risco de ficar sem o dinheiro das aposentadorias. Entre os outros presos por determinação judicial, está o advogado, pastor e lobista Daniel Pereira da Costa Lucas.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.