Debate da Super Manhã

Geraldo Freire

access_time

02:00

Super Manhã / Passando a limpo

Geraldo Freire

access_time

03:20

Consultório do Rádio Livre

-

Debate da Super Manhã

Geraldo Freire

access_time

02:00

Super Manhã / Passando a limpo

Geraldo Freire

access_time

03:20

Consultório do Rádio Livre

-

search close
RELIGIOSIDADE

Tudo pronto para a 40ª Festa da Vitória Régia, em Casa Forte

Festa da Vitória Régia é realizada desde 1978 na Praça de Casa Forte, na Zona Norte do Recife, e se tornou parte do calendário dos recifenses

A festa da Vitória Régia chega aos 40 anos e comemora o feito com um evento mais inclusivo. Desta sexta-feira (9) até domingo (11), a festa, que acontece desde 1978 na Praça de Casa Forte, na Zona Norte do Recife, traz apresentações de grupos musicais com e para pessoas deficientes e barraca de mães que enfrentam, com muita garra, o problema da microcefalia.

O início da festa ainda marca a reabertura da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Casa Forte, que estava fechada desde dezembro para reforma. Apesar de não concluída e mesmo não tendo previsão para término, a igreja abre as portas para receber e promover inclusão, amor e caridade. Para agradecer todo o legado, nesta quinta-feira (8) já tem celebração às 20h.

Confira os detalhes na reportagem de Gabriela Bento:

Homenagem aos párocos 

Segundo o padre Deyvson Soares, responsável pela Paróquia de Casa Forte, nesta edição, os homenageados são os párocos e toda a comunidade que contribuíram para tornar uma pequena quermesse em uma data presente no calendário dos recifenses.

Ainda de acordo com o padre, a programação é intensa e conta, inclusive, com corrida, que acontece no sábado, às 16h, e passeio ciclístico, às 8h, no domingo (4).

O valor arrecadado durante a festa vai ser destinado a instituições de caridade. A Casa da Criança Marcelo Asfora será principal beneficiada. 

Programação completa:

Sexta-feira

Quatro colégios da zona norte do Recife abrem a agenda de shows
Os grupos Vates e Violas contarão com recurso de autodescrição para cegos e pessoas com limitação visual; 
Sons do Silencio, formada por músicos surdos-mudos
Los Cubanos com seu som caribenho

Sábado

16h - Corrida
18h - Banda Coquetel Light
Folclore do Pastoril
Banda Toca do Cuco
Os Tártaros
Som de Vinil

Domingo

8h - Passeio Ciclístico pelo bairro
Depois, as crianças ocupam o espaço das ruas para pintura no chão


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.