Paulo Câmara reforça oposição ao presidente Jair Bolsonaro

O governador garantiu apoiar decisões que beneficiem o Estado, mas enfatizou que Pernambuco são será submisso à gestão do presidente Bolsonaro

POLÍTICA
Paulo Câmara reforça oposição ao presidente Jair Bolsonaro

Governador Paulo Câmara chegando à cerimônia de posse do segundo mandato. - Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

O governador Paulo Câmara reforçou a oposição ao presidente Jair Messias Bolsonaro durante a cerimônia de posse para a gestão 2019-2022. No evento, realizado na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), no Centro do Recife, Paulo Câmara destacou que o Estado nunca foi submisso a um poder, mesmo de alto escalão. "A submissão em qualquer tempo, de qualquer natureza e por qualquer motivo, é incompatível com o espírito libertário de Pernambuco", reforçou.

Paulo Câmara destacou ainda, que dentro da oposição ao presidente Bolsonaro, ele pode apoiar iniciativas que tragam benefícios ao Estado. "Apoiaremos decisões que beneficiem Pernambuco e o Nordeste, a exemplo das obras complementares da transposição do Rio São Francisco e da conclusão da Ferrovia Transnordestina", destaca.

Por fim, o governador se mostrou contrário à privatização da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). "Seremos contra, fundados em sólidos argumentos às iniciativas que comprometam o futuro do estado e da região como a privatização da Chesf", conclui.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.