RESSOCIALIZAÇÃO

Ex-detentos ganham segunda chance com oportunidade de emprego


O número de detentos que estão trabalhando através de convênio com empresas públicas e privadas aumentou 40% em três anos

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 07/01/2019 às 17:55
JC Imagem
FOTO: JC Imagem
Leitura:

Dizem que todo mundo merece uma segunda chance. Mas, para algumas pessoas, ter uma outra oportunidade na vida é algo bem difícil. É o caso da pessoas que tiveram passagens pelo sistema prisional. O Patronato Penitenciário de Pernambuco é o órgão de execuções penais vinculado à Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos, que ajuda a encaminhar os reeducandos ao mercado de trabalho.

A partir desta segunda-feira (07) até sábado (12), a Rádio Jornal vai reproduzir uma série de reportagens sobre a ressocialização de ex-detentos, através do trabalho.

O índice de reincidência criminal entre eles em Pernambuco é de apenas 1%. Confira a primeira reportagem especial dos Jornalistas Paulo Correia e Leonardo Vasconcelos:

O número de ex-detentos que estão trabalhando através de convênio com empresas públicas e privadas vem apresentando um considerável aumento, em 2015 eram 578, em 2018 foram 823, um crescimento de 40%. Na continuação da série Segunda Chance, você vai conhecer as histórias dos que mudaram de vida depois de conseguir um emprego.


Mais Lidas