EDUCAÇÃO

Prefeitura do Recife multará quem deixar de recolher cocô do cachorro


Os recursos arrecadados com as multas pagas por quem não recolher o cocô do animal serão destinados ao Hospital Veterinário do Recife

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 15/01/2019 às 17:30
Marcela Maranhão/ TV Jornal
FOTO: Marcela Maranhão/ TV Jornal
Leitura:

A partir desta terça-feira (15), os donos de animais devem retirar as fezes dos animais de estimação dos espaços públicos do Recife. Caso contrário, os responsáveis pelos animais podem sofrer advertências verbais, escritas e até pagar uma multa.

A nova lei, assinada pelo prefeito Geraldo Júlio e já publicada no Diário Oficial do município, determina a limpeza e retirada das fezes de animais de estimação em locais como praças, parques e ruas do Recife.

A educadora física Anete Sampaio passeia com a cachorrinha Maria diariamente no Parcão, espaço de lazer para cachorros que fica em frente ao Parque da Jaqueira, na Zona Norte do Recife. Ela acredita que, mesmo com a lei, a falta de educação das pessoas deve persistir, já que é muito difícil fiscalizar esse tipo de comportamento.

Já o funcionário público Luiz Campelo, que costuma passear com os cachorros também no Parque da Jaqueira, afirma que a lei chega em boa hora. Mas ele se queixa que muita gente insiste em não recolher as fezes dos animais.

Confira os detalhes na reportagem de Camila Brandão:

Destino da multa

Se a determinação não for cumprida, o responsável pelo animal pode ser advertido verbalmente ou notificado por escrito. Em caso de desobediência, será aplicada uma multa de R$ 150. Os recursos arrecadados com essas multas serão destinados ao Hospital Veterinário do Recife, na Zona Oeste da cidade.

Por meio de nota, a Prefeitura do Recife informou que está analisando a melhor forma de aplicar a lei.


Mais Lidas