Responsável por abrigo de idosos em Itapissuma é suspeito de reter cartões de aposentadoria

Uma operação que reuniu diversos órgãos identificou que os 17 idosos que estavam no abrigo passavam fome

ITAPISSUMA
Responsável por abrigo de idosos em Itapissuma é suspeito de reter cartões de aposentadoria

Alguns idosos precisaram ser levados para um hospital - Foto: Edilson Alves/ TV Jornal

Um abrigo de idosos foi fechado, nesta quinta-feira, pela Vigilância Sanitária em Itapissuma, na Região Metropolitana do Recife. A operação contou com a presença do Procon de Pernambuco, Delegacia do Idoso, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Creas e a Delegacia do município.

As 17 pessoas no local passavam fome e tinham cartões bancários retidos. O espaço funcionava na Chacará Oiumá, zona rural do município, e acolhia idosos com mais de 60 anos. Em outubro de 2018, o local já havia sido interditado após serem encontradas diversas irregularidades. Na segunda vistoria, realizada ontem, as irregularidades encontradas no ano passado persistiam: falta de alimentos e remédios e estrutura física precária para acolher homens e mulheres que necessitam de cuidados especiais.

Após a descoberta dos maus tratos, quatro idosos faleceram, como conta a secretária de Assistência Social de Itapissuma, Etiene Tenório:

Cartões retidos

O responsável pela instituição é suspeito de reter os cartões de aposentadoria e efetuar empréstimos consignados. O gerente do abrigo que não teve o nome revelado prestou depoimento na delegacia de Itapissuma e foi liberado.

O proprietário já responde a dois inquéritos pelo crime de maus tratos, sendo um deles em Abreu e Lima.

Estado de saúde dos pacientes

Diante do quadro de saúde debilitado, dois idosos tiveram que ser encaminhados ao hospital da cidade. Os demais foram transferidos para uma unidade voltada a longa permanência no município de Abreu e Lima.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.