Polícia investiga perseguição policial que deixou suspeito baleado

Intensa troca de tiros entre policiais e assaltantes de carro aconteceu na noite de segunda

PAULISTA
Polícia investiga perseguição policial que deixou suspeito baleado

Perseguição policial deixou viatura crivada de balas - Foto: Luís Carlos Oliveira/TV Jornal

Foi periciada na manhã desta terça-feira (22) a viatura da Rádio Patrulha que participou de uma perseguição a um carro roubado na noite de segunda na cidade de Paulista, na Região Metropolitana do Recife, e que resultou na prisão de um dos assaltantes. O parabrisa da viatura ficou crivado de balas. Os tiros partiram de dentro para fora. Os PMs foram acionados depois que um carro foi roubado no bairro  de Arthur Lundgreen, em Paulista. 

A vítima foi um motorista de aplicativo de 26 anos que não quer se identificar. Ele detalha como foi a abordagem. "Chegaram dois meliantes, armados, e desceram de outro carro, colocando a arma em mim e mandaram eu descer do carro", disse. Ele avistou uma viatura após sair perseguir os bandidos em outro carro e foi quando começou uma perseguição. O veículo policial seguiu os assaltantes pela Avenida Brasil, no bairro de Maranguape, ainda em Paulista.

Chegando lá,  houve uma intensa troca de tiros entre os PMs e os bandidos -  o carro em que eles estavam também foi crivado de balas. Ítalo Bruno Araújo Oliveira, de 23 anos,  foi baleado e levado para o Hospital Miguel Arraes. O outro suspeito também fugiu. Um simulacro de armas e um revólver calibre 38 foram apreendidos. Antes de roubar o Ônix, os suspeitos também teriam tentado roubar o carro de um engenheiro de 40 anos, que estava com a filha de três anos no banco de trás do veículo.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.