Tentativa de feminicídio: mulher escreve com próprio sangue nome do suspeito

Em Carpina, uma mulher sobreviveu após ser vítima de uma tentativa de feminicídio; ela foi baleada na cabeça pelo próprio marido

MATA NORTE
Tentativa de feminicídio: mulher escreve com próprio sangue nome do suspeito

A mulher foi socorrida para o Hospital da Restauração - Foto: Arquivo/JC Imagem

Permanece internada no Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na área central do Recife, a dona de casa Elaine Maria de Santana, de 33 anos, que foi vítima de uma tentativa de feminicídio. A mulher foi atingida por um tiro na cabeça, na cidade de Carpina, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, nesta quarta-feira (23). Na maca em que estava, Elaine conseguiu escrever o nome do companheiro com o próprio sangue que escorria de sua cabeça para apontar o autor do disparo.

Evaldo de Andrade Silva, de 35 anos, foi preso enquanto tentava fugir com os enteados de 06 e 09 anos, como explica o major Fábio Batista, comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar. “Ele estava prestes a fugir, identificamos os veículos e fizemos a abordagem. Dentro do veículo, estavam as crianças e um amigo dele, identificado como David”, disse.

A delegada Bárbara Forte, disse que a polícia só tomou conhecimento do fato, após Elaine da entrada no Hospital da Restauração, mesmo debilitada, ela conseguiu informar quem seria o autor do disparo. “Ela não conseguia verbalizar, conseguimos conversar com a vítima através de gesto”, contou.

A vítima passou por cirurgia nesta quinta-feira (24) no Hospital da Restauração e permanece internada.

Prisão

O esposo de Elaine foi autuado por tentativa de feminicídio, o amigo dele também foi preso, David Israel da silva, de 19 anos, teria escondido a arma usada no crime, e foi autuado por porte de arma. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.