Chuvas causam estragos na RMR nesta segunda-feira

Em três horas, choveu ao equivalente a 21 dias na capital pernambucana

BALANçO
Chuvas causam estragos na RMR nesta segunda-feira

Deslizamento parcial do muro de contenção da pista da Avenida Norte, no Córrego do Jenipapo, na Zona Norte do Recife - Foto: Edilson Alves/TV Jornal

A Região Metropolitana do Recife sofreu com fortes chuvas durante a madrugada e a manhã desta segunda-feira (28). segundo a Prefeitura do Recife, choveu na capital, em três horas, o equivalente ao previsto para 21 dias. Foram registradas quatro ocorrências de queda parcial ou total de árvores. Três já foram removidas, e as vias Avenida Rui Barbosa, Rua das Moças e na Rua da Amizade já foram liberadas para o trânsito de veículos. Uma outra árvore caiu na Rua Cônego Barata, no bairro do Parnamirim. Equipes da Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), estão no local para retirada da árvore.

Durante as três horas de chuva intensa, foram registrados cinco acidentes de trânsito sem vítimas na capital. No período, a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) registrou ocorrências em 31 semáforos, dos quais cinco já foram atendidos. As equipes técnicas trabalham para normalizar todo o sistema.

Também houve uma ocorrência de deslizamento parcial do muro de contenção da pista da Avenida Norte, no Córrego do Jenipapo, na Zona Norte do Recife. Equipes da Defesa Civil, CTTU e Emlurb estão no local e uma das faixas da Avenida Norte precisou ser temporariamente interditada, no sentido BR-101. Ninguém ficou ferido.

De acordo com o presidente do Conselho de Moradores do Córrego do Jenipapo, Edson Silva, o problema nesta região é antigo.

“Não só desta gestão agora, mas de outras gestões. A gente já tinha encaminhado, inclusive, alguns ofícios para a Prefeitura do Recife para sanar esses problemas que tinham aqui nesse muro de contenção. Várias rachaduras, infiltrações.”

Na Avenida Agamenon Magalhães, o canal transbordou e alguns trechos da via ficaram alagados. Desde o início das chuvas, as equipes da Emlurb reforçaram a drenagem nas áreas mais baixas da capital para intensificar o escoamento das águas.

Olinda

Em Olinda, na Avenida Carlos de Lima Cavalcanti, nos Bultrins, o cenário era de caos. A região é uma das que mais sofre na Cidade Alta. Segundo o comerciante Clodomir Gomes, que tem um negócio nesta via, os períodos chuva são sempre complicados no local.

“Há 40 anos, toda vez que chove, torrencialmente, fica esse transtorno aqui. Não só para os comerciantes como também para os moradores da área.

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta de possibilidade de chuvas com intensidade moderada e pontualmente forte para esta segunda-feira. De acordo com o órgão, as chuvas podem atingir a mata norte do estado, a Região Metropolitana do Recife e a Mata Sul. O alerta foi emitido às 9h deste domingo.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.