Após prisões de estelionatários, PF faz alerta para idosos se protegerem do golpe

Um dos estelionatários tem 66 anos e foi preso após utilizar documentos falsos para roubar aposentadoria

CAIXA
Após prisões de estelionatários, PF faz alerta para idosos se protegerem do golpe

Audálio, de 66, não tinha antecedentes criminais - Foto: Divulgação/ PFPE

A Polícia Federal prendeu em flagrante dois estelionatários por utilizar documentos falsos para tentar sacar valores do PIS e da aposentadoria, em Pernambuco. Audálio Alves de Oliveira, de 66 anos, foi autuado no dia 1º de fevereiro em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, e, por não ter antecedentes criminais, foi aplicada uma fiança de R$ 600. Ele deve responder em liberdade.

Já Ademilson Bispo de Jesus, de 52 anos, foi preso em flagrante no dia 23 de janeiro por estelionato e corrupção ativa. O homem tentou subornar os funcionários da agência da Caixa Econômica Federal do bairro de Salgado, em Caruaru, no Agreste do Estado, para tentar se livrar da prisão.

Ademilson passou por audiência de custódia e foi encaminhado para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza, também em Caruaru, onde está à disposição da Justiça Federal. Segundo a PF, a soma das penas deve passar de 20 anos de reclusão.

De acordo com o chefe da comunicação da Polícia Federal em Pernambuco, Giovani Santoro, os estelionatários tentaram se passar pelos verdadeiros beneficiários.

Giovani Santoro faz um alerta para os aposentado e pensionistas não caírem neste tipo de golpe. “Esses estelionatários geralmente se oferecem dizendo que eles [os idosos] têm direito a esses benefícios. Quando isso acontecer, a gente sempre alerta que procure os funcionários do banco para saber se a pessoa realmente tem aquele benefício”, disse.  

Denuncie

Para denunciar este tipo de crime, é preciso consultar a própria agência da Caixa Econômica ou comparecer a alguma sede da Polícia Federal de Pernambuco. Existem unidades no Recife, Salgueiro, no Sertão, e Caruaru, no Agreste do estado.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.