FALSÁRIOS

Falsos policiais civis são presos barganhando refeições e cestas básicas


Grupo de falsos policiais civis agia em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 05/02/2019 às 16:05
Reprodução/ Google Street View
FOTO: Reprodução/ Google Street View
Leitura:

A Polícia Civil divulgou nesta terça-feira (5) os detalhes da prisão de quatro homens que se passavam por policiais civis, utilizando distintivos, carteiras de identificação funcional e até fardamentos falsos. De acordo com a investigação, Rafael Barros Lourenço da Silva, Ericson Ferreira da Silva, Wellingson Lucindo da Silva e José Maria da Silva, agiam como policiais em Jaboatão dos Guararapes para barganhar refeições e cestas básicas de um supermercado no bairro de Piedade.

Segundo o delegado José Custódio, titular da Delegacia de Piedade, os homens se identificavam como agentes de uma falsa Delegacia de Proteção e Defesa da Criança e do Adolescente.

O grupo só foi descoberto porque, a pedido do delegado José Custódio, agentes foram até o local solicitar imagens de um supermercado para servir de apoio para um outro inquérito.

Apesar da prisão dos quatro suspeitos, a investigação ainda continua em curso. Isso porque, segundo testemunhas que eram coagidas pelos falsos policiais, a quadrilha deve contar com a participação de pelo menos dez pessoas.

Orientação policial

A Polícia Civil reforça que não realiza nenhum tipo de fiscalização de rotina em estabelecimentos comerciais, nem que barganha qualquer tipo de ganho no uso da função. Em caso de atitudes suspeitas como essa, a Polícia Civil solicita que a denúncia seja formalizada.


Mais Lidas