Polícia Federal

Acusado de compartilhar pornografia infantil é preso em Ouricuri


Eletricista é acusado de compartilhar vídeos pornográficos de crianças e adolescentes

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 07/02/2019 às 11:21
Acervo/ JC Imagem
FOTO: Acervo/ JC Imagem
Leitura:

A Polícia Federal prendeu, em uma investigação, um eletricista acusado de compartilhar pornografia infantil, envolvendo fotos e vídeos de crianças e adolescentes fazendo sexo.

A pedido do Ministério Público Federal, a polícia foi até a casa do suspeito de pedofilia e apreendeu um notebook, um HD externo e dois celulares, equipamentos que continham armazenado o material pornográfico.

“O Rodrigo foi identificado pela Policia Federal entre uma grande quantidade de pessoas que foram identificadas compartilhando material envolvendo pornografia infantil na internet. Essas pessoas foram identificadas, tiveram seus endereços descobertos em uma operação houve busca e apreensão identificando que aquelas pessoas não só compartilhavam como também tinham esses materiais armazenados em suas residências”, explicou o procurador da República André Estima sobre o caso.

Liberdade

O eletricista, morador de Ouricuri, foi condenado a cinco anos de reclusão, mas pode ser liberado com o pagamento de multa.

O procurador da República ainda esclareceu o motivo pelo qual o condenado pode continuar fora da cadeia. “O réu foi condenado a cinco anos de reclusão, inicialmente com regime semiaberto e uma multa de R$242 dia-multa. O juiz preferiu que ele permanecesse livre enquanto recorre, porque ele já vinha respondendo o processo em liberdade. Foi preso por ocasião do flagrante quando foi identificado o material em sua casa, mas depois respondeu o processo e, como se mantém em liberdade desde então e compareceu a todos os atos do processo, o juiz decidiu mantê-lo em liberdade que até haja o trânsito em julgado."


Mais Lidas