search close
TRAGÉDIA

FAB abre investigação sobre queda de helicóptero que matou Ricardo Boechat

O jornalista Ricardo Boechat faleceu nesta segunda-feira (11), aos 66 anos

Acidente aéreo ocorreu no início da tarde desta segunda-feira
Acidente aéreo ocorreu no início da tarde desta segunda-feira
Reprodução/ Rede Globo

Após a morte do jornalista Ricardo Boechat, aos 66 anos, a Força Aérea Brasileira (FAB) abriu investigação para apurar as causas do acidente de helicóptero que vitimou o profissional nesta segunda-feira (11).

Em comunicado oficial, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) informou que o processo se encontra em fase inicial, com a perícia do local do acidente e a coleta de depoimentos.

Veja abaixo a nota oficial do órgão:

"Investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), realizam a Ação Inicial da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PT-HPG, que aconteceu nesta segunda-feira (11/02), em São Paulo (SP).

A Ação Inicial é o começo do processo de investigação e possui o objetivo de coletar dados: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos.

A investigação realizada pelo CENIPA tem o objetivo de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram."

Queda do helicóptero 

O helicóptero que transportava o jornalista Ricardo Boechat caiu sobre um caminhão no início da tarde desta segunda-feira na Rodovia Anhaguera, em São Paulo. Segundo o Corpo de Bombeiros, além de Boechat, o piloto da aeronave, identificado como Ronaldo Quatrucci, também faleceu. 


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.