DESCASO

TCE divulga lista com mais de 1.500 obras paralisadas em Pernambuco

Segundo o TCE, são mais de R$ 7 bilhões em contratos e projetos que foram abandonados e não chegaram a beneficiar a população

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 13/02/2019 às 15:25
Reprodução/ TV Jornal
FOTO: Reprodução/ TV Jornal
Leitura:

Pernambuco tem 1.548 obras paralisadas, é o que aponta o relatório anual do Tribunal de Contas do Estado (TCE) divulgado nesta quarta-feira (13). No total, são mais de R$ 7 bilhões em contratos e projetos que foram abandonados e não chegaram a beneficiar a população. Deste montante, mais de R$ 2 bilhões foram gastos e, de acordo com o TCE, o valor pago não atingiu a finalidade. Há obras abandonadas tanto sob responsabilidade do Governo do Estado quanto das prefeituras.

A obra do Canal do Fragoso, em Olinda, aparece no documento e se arrasta desde 2012. Ela é uma das obras paralisadas com maior investimento e estava prevista para ser concluída em 2016. O valor orçado é de cerca R$ 206 milhões, em dois contratos. Destes, R$ 59 milhões já foram pagos.

Segundo o auditor do TCE e responsável pelo levantamento, Pedro Teixeira, tem projetos abandonados em todos os municípios de Pernambuco.

De acordo com o auditor, diante da situação, este ano o Tribunal vai criar uma equipe específica para averiguar os serviços paralisados.

Obras paralisadas entre 2017 e 2018

Ainda de acordo com o relatório, de 2017 para 2018, 137 obras foram reiniciadas ou concluídas. Neste mesmo período, outras 138 foram paralisadas. No relatório ainda consta a Ponte do Monteiro, na Zona Norte do Recife, obra iniciada em 2012 e orçada em R$ 53 milhões. Destes, R$ 16 milhões já foram pagos.

Mais Lidas