Saúde

Brasil pode perder o certificado de erradicação do sarampo

Pernambuco está acobertado apenas na primeira dose da vacinação contra o sarampo

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 15/02/2019 às 18:21
Arquivo/Agência Brasil
FOTO: Arquivo/Agência Brasil
Leitura:

Segundo o Ministério da Saúde, metade dos municípios do país não atingiu a meta de cobertura vacinal. O valor, que deve ser igual ou superior a 95% dos habitantes de todas as cidades brasileiras, não foi obtido.

A coordenadora do Programa de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde, Ana Catarina de Melo, conta que Pernambuco está dentro da meta para a primeira dose da vacina, mas existe um problema em relação a segunda dose. “Para a segunda dose a cobertura está abaixo. A gente precisa que a criança tenha as duas vacinas, porque por algum motivo pode ocorrer a falha vacinal. Então precisamos trabalhar para fazer uma cobertura para a segunda dose”, explicou.

O certificado de erradicação do sarampo foi obtido em 2016. A criança deve ser vacinada nos primeiros 12 meses de vida. Após 3 meses a segunda dose deve ser aplicada. E todas as pessoas entre 1 e 29 anos devem ser vacinadas duas vezes. Dos 30 aos 40 é necessário o reforço de dose única.

Vacinação

Dados divulgados pela OMS no começo do ano apontava para um avanço de 30% do sarampo em todo o mundo. No ano passado, Pernambuco teve quatro casos diagnosticados da doença.

Doença

O Sarampo provoca erupções na pele, cegueira, inflamação na pele e pode levar a morte. A doença viral é altamente infecciosa, sendo transmitida através de espirros e tosse.

A reportagem completa você confere a seguir:

Mais Lidas