CARUARU

Duas pessoas são baleadas em troca de tiros em Caruaru


Adolescente de 17 anos foi baleada no pescoço por dois suspeitos; um deles também foi baleado

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 20/02/2019 às 10:01
Diego Nigro/JC Imagem
FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

Uma adolescente de 17 anos foi baleada no pescoço no bairro Caiuca, em Caruaru, nesta terça-feira (19). De acordo com informações da polícia, dois elementos que feriram a vítima estavam escondidos dentro de uma casa em construção.

A PM foi até o local, mas foi recebida a tiros. Durante a ação, um dos suspeitos, Cleiton Bezerra da Silva, de 20 anos, acabou sendo baleado e foi socorrido para Hospital Regional do Agreste (HRA), assim como a adolescente, que foi levada para o HRA, mas devido à gravidade dos ferimentos, ambos foram levados para o Hospital da Restauração no bairro do Derby, área central do Recife.

Os policiais recolheram a arma de fogo utilizada pela dupla, um revólver calibre 38 com munições deflagradas. O outro bandido conseguiu fugir. Na casa do suspeito baleado, também foram encontradas drogas.

O delegado Eduardo Sunaga explica os detalhes da ocorrência. “Cleiton foi autuado por tentativa de homicídio, uma vez que tanto o comissário Zé Carlos quando os policiais foram dar voz de prisão, ele prontamente sacou a arma e efetuou disparos contra o policiamento. Então os policiais tiveram que usar o esforço necessário para conter o agressor e acabou atingindo Cleiton, que foi socorrido para o HRA.”, detalhou o delegado.

Sobre a adolescente vítima de um disparo no pescoço, o delegado afirma que ainda não se sabe quem atirou contra ela. “Em um momento anterior ela foi atingida por disparos também. Não fica claro de onde saíram os disparos, mas informalmente os policiais militares, enquanto socorria a menor, disseram ela teria dito que quem atirou nela foi o desafeto do Cleiton, e, ao que tudo indica, Cleiton tinha um desafeto e ambos trocaram tiros e provavelmente um deles atingiu a adolescente.”

O delegado Eduardo Sunaga destaca que as investigações vão prosseguir e que o suspeito está custodiado no hospital.


Mais Lidas