Internada

Moradora de rua é queimada viva embaixo de viaduto da Caxangá


Ela estava dormindo e acordou com as chamas nas pernas

Priscila Miranda
Priscila Miranda
Publicado em 27/02/2019 às 6:48
Luís Carlos Oliveira/TV Jornal
FOTO: Luís Carlos Oliveira/TV Jornal
Leitura:

Uma moradora de rua deu entrada no Hospital da Restauração na manhã desta quarta-feira (27) depois de ter sido queimada enquanto dormia embaixo do viaduto da Caxangá, Zona Oeste do Recife.

O crime aconteceu por volta das 5h30. A mulher, com idade entre 25 e 30 anos, identificada apenas como Carla, estaria grávida e acredita que alguém tenha ateado fogo nela. Ela chegou a pedir ajuda a um outro morador de rua que dormia do outro lado da Avenida Caxangá. Ela teve queimaduras nos braços, no tronco e nas pernas.

O morador de rua que socorreu Carla não quis se identificar, mas contou o que aconteceu. "Quando ela chegou perto de mim eu tava dormindo, toda queimada. Tocaram fogo nela dormindo,. Eu socorri ela pro Barão de Lucena, mas não atenderam. Aí fui ver se pegava um ônibus para levar ela, mas os ônibus não quiseram parar. Aí fomos andando e quando chegou perto dos taxistas, eles socorreram ela."

Carla foi levada para o HR por um taxista. De acordo com moradores e pessoas que trabalham próximo ao viaduto, o local é conhecido como ponto de consumo de drogas. "Toda hora tão aqui fumando droga, fazendo roubo, assaltos. Fizeram até um barraco aqui. Ela fuma droga sim", disse o motorista Roberto Carlos de Assis.

Por enquanto, a polícia não tem pistas de quem pode ter praticado o crime ou mesmo a motivação.


Mais Lidas