AFASTADO

Prefeito de Palmares é afastado e aguarda comissão de impeachment


A Câmara de Vereadores decidiu que o prefeito ficará afastado por 90 dias do cargo

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 27/02/2019 às 11:46
Foto: divulgação/Facebook
FOTO: Foto: divulgação/Facebook
Leitura:

A Câmara de Vereadores de Palmares, na Mata Sul de Pernambuco, decidiu por unanimidade, em reunião que aconteceu nesta terça-feira (26), pelo afastamento do prefeito Altair Júnior (MDB) por 90 dias do cargo. O secretário de finanças Dgerson Melo também teve o afastamento aprovado.

A Casa Legislativa havia criado uma CPI para investigar denúncias contra o chefe do executivo. Entre os argumentos apresentados e lidos em relatórios, o mandatário teria ignorado os pedidos para a apresentação dos documentos solicitados pela comissão parlamentar de inquéritos, instaurada em outubro de 2018, com o objetivo de apurar supostas irregularidades no pagamento de empréstimos consignados da prefeitura.

A comissão de investigação do processo de impeachment será composta pelos seguintes vereadores: Antônio Almeida Filho como presidente, Josias Pereira com relator e José Reginaldo como membro. A comissão terá o prazo de 90 dias para apresentar o parecer final sobre as faltas que atingem o prefeito de Palmares Altair Júnior.

Cargo temporário

Assume o cargo, temporariamente, o vice-prefeito a Agenaldo Lessa (PPS). O prefeito ainda não se pronunciou oficialmente a respeito do afastamento.


Mais Lidas