CARNAVAL

Abertura do carnaval do Recife terá brega, samba e hip-hop

A festa contará com mais de 100 bailarinos e mistura ritmos tradicionais no Carnaval local com o samba, brega e hip-hop

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 01/03/2019 às 14:05
Foto: Arquivo JC
FOTO: Foto: Arquivo JC
Leitura:

A tão aguardada hora chegou! O Carnaval 2019 do Recife terá sua abertura oficial na noite desta sexta-feira (1º), no Marco Zero. A época da festa de momo é uma das mais aguardadas do ano e que recebe foliões de todo o mundo.

A festa começa com o clássico toque dos clarins anunciando o que já está no coração, na cabeça e no pé de cada amante do Carnaval. Feito o chamado, o palco do Marco Zero, no Bairro do Recife, será tomado por mais de 100 bailarinos que terão a missão de traduzir a efervescência cultural que é a marca maior de Pernambuco. Dividido em seis movimentos, o espetáculo traz a periferia, e suas múltiplas expressões artísticas, como a grande protagonista da festa. “Estamos em um Estado que respira arte e produz excelência. É isso o que vamos mostrar hoje à noite. Uma combinação de tradição e modernidade, cujo foco maior é a inclusão, é o encontro de todas as artes”, ressalta o bailarino e coreógrafo Dielson Pessoa, idealizador do espetáculo.

Roteiro

Durante uma hora e meia, o público vai assistir a um passeio que começa pela cultura de matriz africana e a sua influência na formação da identidade nacional, através dos bailarinos do Magê Molê e do Balé Afro Raízes. Em seguida, vem a Festa na Periferia, embalada pelo brega e pelo funk nas vozes de Michelle Mello, Kelvis Duran, Victor Santos e Priscila Senna (Musa). A terceira parte do espetáculo foi intitulada de Rolezinho do Compaz e contará com a participação de alunos das duas unidades do Compaz, comandados pela voz de MC Bruninho e Zé Brown. O show contará ainda com os blocos Delírios Tecnológicos, Carnaval de Gigantes e Batalha de Rua, este último em alusão às origens do frevo.

Mais Lidas