CARNAVAL 2019

Noite dos Tambores Silenciosos pede proteção para o Carnaval de Recife


Pátio do Terço, no bairro de São José, recebe as nações de maracatu a partir das 18h desta segunda-feira (4)

Fellipe Leandro
Fellipe Leandro
Publicado em 04/03/2019 às 16:05
Léo Mota / JC Imagem
FOTO: Léo Mota / JC Imagem
Leitura:

O Pátio do Terço, no bairro de São José, Centro do Recife, recebe nesta segunda-feira (4) uma das mais tradicionais festas e sincretismo religioso da cidade. A Noite dos Tambores Silenciosos celebra a ancestralidade negra, reunindo 30 nações de maracatus.

A partir da 18h, os grupos de baque virado saem em cortejo pelo Pátio do Terço reverenciando os ancestrais africanos que sofreram ou foram mortos durante a escravidão no período do Brasil colônia. O cortejo era feito em silêncio na época, pois os negros eram proibidos de expressar a religiosidade. O ápice do cortejo acontece à meia-noite quando os tambores param de tocar, as luzes são apagadas e os cânticos em iorubá dão entoados.

Maracatus

Os maracatus estão vinculados ao candomblé e, possuem um orixá como patrono. As nações contam com um rei e rainha. As 30 nações que se apresentam no cortejo, são compostas por estandartes e uma calunga. Carregada pela dama-de-paço.


Mais Lidas