INVESTIGAÇÃO

Agulhadas no carnaval: polícia divulga retrato falado de mais um suspeito

Aproximadamente 190 pessoas já procuraram o Hospital Correia Picanço, no Recife, relatando terem sido vítimas de agulhadas durante o carnaval

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 11/03/2019 às 13:56
Divulgação/ Polícia Civil
FOTO: Divulgação/ Polícia Civil
Leitura:

A Polícia Civil divulgou nesta segunda-feira (11), o retrato falado de um novo suspeito de ferir foliões com agulhas durante o carnaval. O homem descrito por uma das vítimas foi visto no domingo de carnaval, no Alto da Sé, em Olinda. Ele estava fantasiado de anjo e aparentava ter 25 anos.

Aproximadamente 190 pessoas já procuraram o Hospital Correia Picanço, no bairro da Tamarineira, Zona Norte do Recife, relatando terem sido picadas com agulhas durante os dias de folia. A unidade é referência no tratamento de doenças infecto-contagiosas.

Este foi o segundo retrato falado de suspeitos divulgado pela polícia. Na última sexta-feira, o retrato falado de outro homem que aparenta ter 30 anos também foi divulgado. O delegado Ivaldo Pereira, da Diretoria Integrada Metropolitana, explica que a polícia investiga se isso foi o trabalho de pessoas isoladas ou de um grupo específico.

Até agora, apenas sete pessoas fizeram a denúncia da agressão. Uma delegacia móvel foi montada no Hospital Correia Picanço para registrar as denúncias. O delegado Ivaldo Pereira reforça a importância da denúncia por parte das vítimas.

Confira os detalhes na reportagem de Felipe Rocha:

Mulher é suspeita

A polícia também investiga a possível participação de uma mulher, que ainda não teve o retrato falado divulgado. Todos os casos serão investigados pela Delegacia da Avenida Rio Branco, no bairro do Recife, centro da capital pernambucana. O telefone da delegacia é 3184-3452.

Mais Lidas