ESTELITA

Trabalhadores amanhecem em frente ao Estelita em busca de emprego


Em nota, Consórcio Novo Recife informou que não há vagas no momento, mas realizará um cadastramento de dados no seu banco de RH

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 27/03/2019 às 9:42
Foto: Maria Eduarda Bravo / Jornal do Commercio
FOTO: Foto: Maria Eduarda Bravo / Jornal do Commercio
Leitura:

Mesmo após uma liminar suspender as demolições dos galpões do Cais José Estelita, muitos trabalhadores da área da construção civil em busca de uma oportunidade de emprego amanheceram nesta quarta-feira (27) em frente aos armazéns.

O Consórcio Novo Recife, responsável pelo projeto de construção na área, informou, por meio de nota, que não há vagas de emprego disponíveis, mas vai receber o currículo das pessoas que estão fazendo fila para cadastro.

Confira a nota do consórcio na íntegra:

O Consórcio Novo Recife esclarece que não há vagas de emprego. Entretanto, devido ao elevado número de pessoas que se dirigiram até o terreno, e por respeito a esses trabalhadores, foi montada uma estrutura para cadastramento de dados no seu banco de RH.

Ocupe Estelita

Além desses trabalhadores, muitos integrantes do movimento Ocupe Estelita ainda estão acampados em frente aos galpões contra a demolição do espaço. Representantes do movimento informaram que não vão sair do local até saber os próximos passos do proceso. No local, também estão com representantes do Consórcio Novo Recife, funcionários da área de segurança tomando conta do local.

O Projeto

O projeto do Novo Recife prevê a construção de 13 prédios, hotel, área pública, ciclovias, praças e parques


Mais Lidas