PRESO

Um dos líderes do PCC no Rio Grande do Norte é preso no Ibura


Ele era foragido do Sistema Prisional Potiguar e traficava drogas no Ibura

Pedro Guilhermino Alves Neto
Pedro Guilhermino Alves Neto
Publicado em 01/04/2019 às 14:28
Foto: Divulgação/PCPE
FOTO: Foto: Divulgação/PCPE
Leitura:

Um homem apontado como sendo um dos líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) no Rio Grande do Norte foi preso na última quarta-feira (27), no bairro do Ibura, Zona Sul do Recife.

Jonias Felipe da Silva, de 21 anos, mais conhecido como ‘Boneco Assassino’, morava na região há cinco meses e, contra ele, havia um mandado de prisão em aberto, que foi cumprido na ação policial. ‘Boneco Assassino’ é suspeito de homicídios, tráfico de drogas e associação criminosa. De acordo com a polícia, ele é foragido do sistema prisional potiguar desde 2017.

O delegado responsável pela prisão, Alessandro Menezes, explica que por se tratar de um criminoso de alta periculosidade foi preciso muito cuidado da polícia. “Nós recebemos informações de que o Jonias estava no Recife, mais precisamente no bairro do Ibura. Tivemos conhecimento de que se tratava de uma pessoa extremamente perigosa que fugiu do sistema carcerário potiguar e que tinha cometido alguns homicídios na região no estado do Rio Grande do Norte, além de ser um dos chefes do PCC”, explicou.

Ainda de acordo com o delegado, durante esse período Jonias estava atuando no tráfico na comunidade. O delegado conta ainda que, no momento da prisão, o suspeito não reagiu. “Primeiramente ele informa que estava foragido do Sistema Potiguar e que é jurado de morte lá na região onde ele atuava. Nós fizemos alguns levantamentos de que aqui ele estava traficando na área do Ibura. Nós mantivemos um procedimento padrão, porque o local em que ele se encontrava era de alta periculosidade, onde fizemos a abordagem e ele se quer reagiu. Ele estava na presença de sua companheira, seu filho e uma enteada”, completou.

Jonias Felipe da Silva foi encaminhado ao centro de observação e triagem Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife.


Mais Lidas