BENEFÍCIO

Pagamento do 13º salário do Bolsa Família será feito em três grupos

O Governo do Estado explicou que a divisão foi feita a partir da data de aniversário dos beneficiários do Bolsa Família

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 04/04/2019 às 14:45
Reprodução/ Internet
FOTO: Reprodução/ Internet
Leitura:

Governo do Estado apresenta detalhes do pagamento do décimo terceiro para os beneficiários do programa Bolsa Família. A cerimônia aconteceu no Centro de Convenções, em Olinda, nesta quinta-feira (4).

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude revelou nesta quinta-feira (4) que o 13º salário para os beneficiários do Bolsa Família vai ser pago em três grupos. As famílias vão receber o benefício entre fevereiro, março e abril do próximo ano. A divisão foi feita a partir da data de aniversário dos beneficiários.

O pagamento, em 2020, fica da seguinte forma: quem nasceu entre janeiro e abril, vai receber o valor já em fevereiro. Os nascidos de maio a agosto, terá o dinheiro na conta a partir de março. Já para quem nasceu de setembro a dezembro, o 13º salário vai ser pago em abril.

Segundo o secretário de Desenvolvimento do Estado, Sileno Guedes, todos os beneficiários podem receber o acréscimo do 13º, desde que estejam cadastrados há pelo menos cinco meses no programa.

O valor do 13º salário será de R$ 150 para quem já recebe o valor máximo oferecido pelo Bolsa Família, que também é de R$ 150.

Confira os detalhes na reportagem de Thiago Barreto:

Nota Fiscal Solidária

Ainda segundo o secretário, para quem recebe menos do que esse valor, o Governo do Estado criou o programa Nota Fiscal Solidária, que vai servir para complementar o valor do 13º.

A apuração dos valores da Nota Fiscal Solidária vale desde o dia 29 de março deste ano e vai até o dia 31 de janeiro de 2020. Durante esse tempo, os beneficiários podem acessar os pontos acumulados no site da Secretaria da Fazenda do Estado.

Mais Lidas