Pedreiro é morto com 43 facadas e têm órgão genital decepado em Paulista

De acordo com testemunhas, quatro homens encapuzados retiraram a vítima a força de sua casa

ASSASSINATO
Pedreiro é morto com 43 facadas e têm órgão genital decepado em Paulista

O pai da vítima disse que o assassinato aconteceu pela madrugada - Foto: Reprodução/TV Jornal

A Polícia Civil investiga a autoria e motivação do assassinato do pedreiro Daniel José Francisco, de 40 anos, morto com 43 facadas na madrugada desta sexta-feira (5) em Maranguape II, no município de Paulista, Região Metropolitana do Recife.

Casa invadida

De acordo com testemunhas, pelo menos quatro homens encapuzados foram até a casa do pedreiro, na localidade de Riacho de Prata. Eles quebraram a grade da casa e retiraram a vítima à força do local.

O pai de Daniel, Amaro José Francisco, conta como recebeu a notícia da morte do filho. “A mulher dele ligou para mim para me avisar que levaram Daniel. Ligamos para a polícia e eles disseram que se eles soubessem onde meu filho estava, eles iriam atrás”, disse.

Ainda segundo o pai da vítima, Daniel tinha um bom relacionamento com os vizinhos e não costumava se envolver em confusões. “Ele era gente boa, um cara que só fazia o bem a todos. Uma pessoa muito legal”, afirmou o pai.

Confira os detalhes na matéria de Max Augusto:

 

O corpo do pedreiro foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, Área Central do Recife. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios de Olinda.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.