DOENÇA

Aumento dos casos de câncer é registrado em jovens abaixo de 30 anos

O índice preocupa especialistas que indicam o sobrepeso e o sedentarismo como dois dos vilões desta geração

Arlene Carvalho
Arlene Carvalho
Publicado em 08/04/2019 às 10:07
Reprodução/Pixabay
FOTO: Reprodução/Pixabay
Leitura:

O Dia Mundial de Combater ao Câncer é comemorado nesta segunda-feira (8) e um aumento de casos preocupa profissionais de saúde. De acordo com pesquisas, a incidência da doença tem sido maior em pessoas abaixo de 30 anos.

O sobrepeso e o sedentarismo estão no topo dos fatores que mais afetam essa faixa etária. A oncologista Silvia Fontan detalha. “Temos observado o aumento de casos de câncer em pessoas jovens e conseguimos relacionar isso ao sobrepeso e aos maus hábitos de vida, como alimentação rica em fast food, embutidos, enlatados, uso excessivo de álcool, cigarro e tudo isso junto faz com que a gente perceba um aumento de incidência nessa faixa etária”, explica.

Confira os detalhes na matéria de Juliana Oliveira:

“Entre os homens os principais cânceres são: o câncer de próstata, câncer de colo reto e de pulmão. Nas mulheres o principal é o de mama, mas também tem o de colo reto, útero e de pulmão”, conclui a médica.

Prevenção

Ainda de acordo com a médica, o câncer de colo de útero é um dos poucos que se pode prevenir. Para as meninas e meninos, o método é a vacina do HPV.

O exame preventivo é importantíssimo para detectar lesões percussoras do tumor e ter um tratamento para que a pessoa não desenvolva o câncer de colo de útero.

No caso do câncer de mama, a mamografia não é uma prevenção, mas é um método de diagnóstico extremamente eficaz.

Caso o paciente sinta algum incomodo no corpo, a primeira prevenção é procurar o médico.

De acordo com pesquisas, apenas no ano de 2018 foram feitos mais de 18 milhões de diagnóstico de câncer no mundo inteiro, um aumento de cerca de 28%.

Mais Lidas