IGREJA CATÓLICA

Frei Damião mais perto de ser reconhecido como santo


No processo de canonização, que já dura nove anos, ele foi reconhecido pelo Vaticano como Venerável, título que precede os de Beato e Santo

Fellipe Leandro
Fellipe Leandro
Publicado em 08/04/2019 às 20:33
Reprodução/Arquidiocese de Olinda e Recife
FOTO: Reprodução/Arquidiocese de Olinda e Recife
Leitura:

Nesta segunda-feira (8) o Papa Francisco autorizou promulgar o decreto que reconhece a figura de Frei Damião de Bozzano como venerável – título que reconhece virtudes heroicas e precede os decretos de beato e de santo na Igreja Católica. A decisão ocorreu em audiência com o Reverendíssimo Cardeal Angelo Becciu, prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, no último dia 6 de abril de 2019, no Vaticano.

De acordo com o Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, o processo de canonização é demorado e inclui uma série de documentações e testemunhos sobre a vida e trajetória da pessoa.

"O povo já proclama Frei Damião santo por tudo que ele viveu nas missões e no dia-a-dia da população pobre do Nordeste, mas a Igreja mantém a salutar cautela dos estudos da vida e das obras, antes e depois de sua morte, para declará-lo santo”, explicou dom Fernando em nota oficial da Arquidiocese.

Para ser considerado santo, antes é preciso ser reconhecido como beato e ter ao menos dois milagres reconhecidos pela Igreja Católica.


Mais Lidas