Aumento do volume de barragens deixa população ilhada no Sertão de Pernambuco

Em algumas áreas ao redor da barragem de Cachoeirinha, em Ingazeira, a água já se aproxima da rede elétrica e preocupa moradores

SERTãO
Aumento do volume de barragens deixa população ilhada no Sertão de Pernambuco

Moradores do entorno da barragem estão preocupado - Foto: Reprodução/Cortesia

Com as chuvas dos últimos dias, o volume de águas aumentou nas três maiores barragens do Sertão do Pajeú, em Pernambuco. O aumento dos níveis de água está preocupando a população ribeirinha  desses locais, como é o caso da represa de Cachoeirinha,  em Ingazeira. Segundo moradores, existem idosos residentes nas proximidades do local que não estão conseguindo sair de casa.

Segundo a líder comunitária de Cachoeirinha dos Cordeiro, Marleide Bezerra , a situação é precária. "Estive lá ontem e fico me perguntando como muita gente vai vir até a cidade. As pessoas não estão podendo passar para vir a cidade. Elas estão ilhadas.Ninguém toma uma providência", comenta.

A barragem, finalizada durante o do ex-presidente Temer, não apresenta acesso para os ribeirinhos que ali moram e com a chuva, a população encontra-se ilhada. A represa possui 48 milhões m³ e faz fronteira com os municípios Tabira, São José do Egito e Tuparitama. 

Em algumas áreas, a água já se aproxima da rede elétrica.

Outras barragens

Com uma capacidade de 18 milhões m³, a barragem de Brotas, em Afogados da Ingazeira, também está transbordando. 

Já Rosário, em Igaraci, com 32 milhões m³, recebeu uma boa porção de água, suficiente para sair do nível crítico, mas ainda longe de vazar.

Confira mais detalhes na reportagem de Anchieta Santos:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.