CUIDADOS

Caso de peste suína é confirmado no PI e Adagro entra em alerta em PE


A Adagro deve intensificar a fiscalização nas propriedades com suínos, em Afrânio, Sertão de Pernambuco, divisa com o estado do Piauí

Arlene Carvalho
Arlene Carvalho
Publicado em 10/04/2019 às 12:03
Foto: Thiago Gomes/ SUSIPE
FOTO: Foto: Thiago Gomes/ SUSIPE
Leitura:

O caso aconteceu no Piauí e a fiscalização deve ser intensificada na divisa, em Afrânio


A confirmação do primeiro caso de peste suína clássica no Piauí, alertou a Agência de Defesa Agropecuária de Pernambuco (Adagro), que deve intensificar a fiscalização nas propriedades com suínos, em Afrânio, Sertão de Pernambuco. A cidade faz divisa com o estado do Piauí e possui 768 propriedades com animais deste tipo. Em Pernambuco, são mais de 730 mil suínos cadastrados.

O caso de Peste Suína foi diagnosticado no município de Lagoa do Piauí, há 42 km de Teresina, capital do estado. A doença foi confirmada em uma propriedade com 13 animais. Sete deles morreram e os demais apresentaram sintomas da doença.

A previsão é que a fiscalização comesse na próxima segunda-feira (15) em Afrânio. A Adagro de Petrolina deve entrar em um modo de planejamento de atividades, aumentando as visitas as propriedades da cidade, para sabe ser existe mortalidade de animais e investigar essas mortes, caso haja.

Prevenção

A única maneira de deter a doença é através da vigilância epidemiológica. Piauí é o segundo estado do Nordeste a apresentar a doença, o primeiro foi o Ceará, onde foram encontrados 54 focos.

Todos os animais com suspeitas da peste foram sacrificados como medida preventiva. A peste suína clássica é uma doença viral contagiosa com mortalidade elevada que afeta suínos domésticos e selvagens. Não oferece riscos à saúde humana, nem afeta outras espécies.

Sintomas

Os principais sintomas da doença são lesões hemorrágicas, manchas avermelhadas na pele e extremidades, sendo membros, orelhas, focinho e calda, febre alta, diarreia, vômito, sinais nervosos, tremores nas patas, conjuntivite e problemas reprodutivos como aborto, natimorto, falta de apetite e fraqueza.


Mais Lidas