play_circle_outline
Consultório do Rádio Livre

Anne Barretto

access_time

04:00

A Voz do Povo

Ciro Bezerra

access_time

05:45

Bola de Primeira

Ciro Bezerra

play_circle_outline
Consultório do Rádio Livre

Anne Barretto

access_time

04:00

A Voz do Povo

Ciro Bezerra

access_time

05:45

Bola de Primeira

Ciro Bezerra

search close
VIOLÊNCIA

Pernambuco contabiliza quase 900 homicídios em três meses, afirma SDS

De janeiro até março, 896 assassinatos foram registrados no Estado

Pernambuco contabiliza quase 900 homicídios em três meses, afirma SDS
A Região Metropolitana do Recife já contabiliza 89 homicídios em 2019 - Foto: Leo Motta/JC Imagem

Um total de 896 pessoas foram mortas em Pernambuco nos primeiros três meses de 2019. Segundo dados da Secretaria de Defesa Social, o mês de março registrou 316 ocorrências, apresentando uma baixa em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 369 assassinatos. No  primeiro trimestre de 2018, foram contabilizados 1.237 crimes letais contra a vida.

O número representa uma redução de 27,6% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em Pernambuco, quando comparamos ao mesmo período de 2018, quando ocorreram 1237 assassinatos. Isso equivale a 341 homicídios a menos.

Neste mês de março, foram completados 16 meses consecutivos de redução nos crimes contra a vida. Ainda de acordo com a SDS, a redução dos homicídios foi atestada em todas as regiões do Estado, seja na análise trimestral ou no comparativo de março de 2018 e 2019. Em 94 municípios pernambucanos mais Fernando de Noronha não houve homicídios.

De 1º de janeiro até 31 de março deste ano, a maior redução se deu na Zona da Mata, que em 2018 contabilizou 249 homicídios e 170 neste ano. Na Região Metropolitana do Recife (exceto Capital), em 2018, 373 assassinatos foram registrados, enquanto neste primeiro trimestre de 2019, o número é de 256.

No Sertão do Estado, a taxa reduziu de 137 para 96 crimes letais contra a vida, enquanto no Agreste, os homicídios despencaram de 310 para 233.

Já o Recife apresentou uma retração de 16,07% nos três primeiros meses deste ano: foram 168 vítimas em 2018 e 141 em 2019.

Motivações

Ainda de acordo com a SDS, o tráfico de drogas e demais atividades criminosas continuam sendo as principais motivações de crimes contra a vida no Estado. Dos 896 homicídios registrados no primeiro trimestre deste ano, 67,75% foram motivados por envolvimento com o tráfico de drogas, acerto de contas ou outras atividades criminais. Em seguida, vieram os conflitos na comunidade, com 171 casos (19,08%).

Conflitos afetivos e familiares tiveram relação com 34 casos (3,79%). Latrocínios representaram 3,35% e outras motivações, 2,01%.

Quando pensamos no mês março, das 316 ocorrências, 74,68% tiveram origem no tráfico e outras atividades criminosas. Enquanto isso, os conflitos na comunidade, com 48 casos, foram responsáveis por 15,19%. Conflitos afetivos e familiares tiveram relação com 12 casos (3,80%). Latrocínios representaram 2,53% e outras motivações, 1,90%.

Latrocínios

Com seis ocorrências registradas de latrocínio, março de 2019 foi o período com menor incidência desse tipo de crime nos últimos 50 meses. De acordo com os registros das polícias Civil e Militar, esse número representa uma redução de 62,50% em relação a março de 2018, com 16 ocorrências, e só ficou acima das estatísticas de janeiro de 2015, quando foram notificados 5 crimes do tipo. Quando se compara os três primeiros meses de 2019, a retração para o mesmo período de 2018 é de 34,78%. Ao todo, foram 30 ocorrências, neste ano, contra 46 em 2018.

Ônibus

Dezesseis assaltos a ônibus foram contabilizados nas últimas 72 horas, cinco deles ocorreram nas últimas 24 horas, sendo dois do segmento BRT. De 1º de Janeiro até o momento, 615 investidas já foram contabilizadas. Abril já soma 89 crimes deste tipo.

As informações são da editoria de polícia da Rádio Jornal em parceria com o Sindicato dos Rodoviários.

Confira as linhas, com o horário e o local, que foram alvos de assaltantes nas últimas 24h:

18h40 - Totó/Abdias de Carvalho - Torrões, Recife

13h40 - T.I. Pelópidas/PCR (BRT) - Salgadinho, Olinda

18h50 - T.I. Abreu e Lima/PCR (BRT) - Bultrins, Olinda

16h30 - Cais de Santa Rita - Pontezinha, Cabo de Santo Agostinho

19h20 - T.I. Xambá/Príncipe - Peixinhos, Olinda


COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.