semana santa

Sexta da Paixão relembra paixão e morte de Jesus Cristo


O rito não é considerado uma missa, pois a Sexta-Feira da Paixão é o único dia do ano em que não se celebra missa em qualquer parte do mundo

Arlene Carvalho
Arlene Carvalho
Publicado em 19/04/2019 às 9:00
Leo Motta/JC Online
FOTO: Leo Motta/JC Online
Leitura:

A Sexta-feira Santa, para os católicos, é marcada, pelo silêncio, meditação, jejum e abstinência de carne. Nesta sexta (19), às 15h, considerada a hora nona pela bíblia, Dom Fernando Saburido e os fiéis se reúnem na Catedral da Sé, em Olinda, Grande Recife para relembrar a paixão e a morte de Jesus Cristo.

O rito não é considerado uma missa, pois a Sexta da Paixão é o único dia do ano em que não se celebra missa em qualquer parte do mundo.

O ato religioso se inicia com a Paixão de Cristo e segue com a Liturgia da Palavra, oração universal, adoração da cruz e rito de comunhão.

"É um dia de silêncio que se prolonga até o pôr-do-sol de amanhã. É um dia de meditar sobre o mistério da paixão de Jesus", afirma Dom Fernando Saburido.

A cerimônia é baseada na leitura de passagens bíblicas do Antigo e Novo Testamento, Comunhão e Benção do Povo.

Via Sacra no Recife

Muitos fiéis também acompanharam na manhã desta sexta-feira (19), a tradicional procissão da Via Sacra. O cortejo saiu da Igreja da Boa Vista, ao som da matraca que substitui os sinos das igrejas e convidou os fiéis a seguir com Cristo pelo caminho de seu calvário até a crucificação. A celebração que acontece há 93 anos.

O andor com a imagem de Jesus com a Cruz nas costas seguiu ao lado de centenas de fiéis pelas ruas do Centro do Recife. Durante o caminho, a procissão parou diversas vezes, nas chamadas estações, onde fiéis em silêncio relembram os últimos momentos de Jesus vivo.

Em frente à Igreja do Rosário aconteceu o encontro de Nossa Senhora com o filho. A procissão seguiu em direção ao Pátio de Santa Cruz, onde o percurso chega ao fim.

Confira detalhes no flash de Natália Hermosa:

Sábado de Aleluia

Às 16h, acontece a procissão do Senhor Morto pelo Sítio Histórico de Olinda.

A Catedral da Sé também será o local da vigília pascal, a partir das 20h, deste Sábado (20) de Aleluia. No início, o arcebispo vai abençoar o fogo que acenderá uma grande vela - o Círio Pascal – já que a igreja estará com as luzes apagadas.


Mais Lidas