Infraestrutura

Começa implantação de nova ciclovia em Santo Amaro


Com cerca de 3 quilômetros, o equipamento terá início na Rua dos Palmares e segue pela Avenida Mario Melo até a Rua da Aurora

Giovanna Torreão Giovanna Torreão
Giovanna Torreão
Giovanna Torreão
Publicado em 20/04/2019 às 7:58
Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR
FOTO: Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR
Leitura:

Uma nova ciclovia será implantada no Recife e os trabalhos foram iniciados, nesta semana, pela Prefeitura do Recife, por meio da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb). Com cerca de 3 quilômetros de extensão, o equipamento terá início na Rua dos Palmares, em frente ao Procape, e segue pela Avenida Mario Melo até a Rua da Aurora. A conclusão está prevista para a segunda quinzena de maio deste ano e o custo da intervenção será de R$ 650 mil.

A Ciclovia Mário Melo terá uma faixa em cada sentido da via, ficando no canteiro central da Rua dos Palmares e Avenida Mário Melo. Entre as duas vias, haverá o canteiro com piso em concreto, jardineiras e lixeiras. As duas faixas do equipamento serão separadas das faixas de rolamento com elemento físico, proporcionando mais segurança aos ciclistas.

A nova rota fará conexão com o Eixo Estruturador Cicloviário Camilo Simões e com as rotas previstas no entorno da Avenida Conde da Boa Vista, como a da Rua Bispo Cardoso Aires, Rua Oliveira Lima, Rua do Riachuelo e Rua José de Alencar, que serão implantadas pela Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU).

Rotas cicláveis

Atualmente existem cerca de 70 km de rotas cicláveis no Recife, sendo 48,5 km implantados durante a atual gestão, o que aumentou em 190% a malha cicloviária da cidade desde 2012, quando havia 24 km de rotas existentes. Todas as rotas implantadas a partir de 2014 compõem a Rede Cicloviária Complementar, que está sendo projetada para que haja uma conexão com as rotas já existentes e com a Rede Cicloviária Metropolitana, que está sendo elaborada pelo Governo do Estado. Os projetos priorizam o atendimento aos bairros que abrigam polos de interesse público, como parques, praças, mercados públicos e terminais de ônibus, criando pontos de conectividade entre esses equipamentos.


Mais Lidas