PRECAUÇÃO

Imóveis da área onde ocorreu explosão de gás e desabamento em Camaragibe são inspecionados e demolidos


Equipes da Defesa Civil do município devem vistoriar cerca de dez imóveis da Rua Frei Caneca, Loteamento Nazaré, em Jardim Primavera. Dois são demolidos nesta manhã

Arlene Carvalho
Arlene Carvalho
Publicado em 22/04/2019 às 9:05
Leo Motta/JC Imagem
FOTO: Leo Motta/JC Imagem
Leitura:

Residências localizadas na área onde ocorreu uma explosão de gás e desabamento que matou três pessoas neste feriadão, em Camaragibe, Região Metropolitana do Recife, estão sendo demolidas nesta segunda-feira (22). Um imóvel nas proximidades apresenta rachaduras. Equipes da Defesa Civil do município devem vistoriar cerca de dez imóveis da Rua Frei Caneca, Loteamento Nazaré, em Jardim Primavera.

A explosão ocorreu na manhã da última sexta-feira (19). O idoso conhecido José Joaquim Ramos Filho, 77, conhecido como “Gildo”, era o dono do caldinho que funcionava no térreo de um dos imóveis. Segundo vizinhos, ele acordou e foi fazer um café, mas não viu que o botijão de gás estava vazando.

Ao acender o fogo, houve a explosão. José Joaquim ainda foi socorrido para o Hospital da Restauração, com 98% do corpo queimado, mas não resistiu.

Adalva Cecília Ramos, 80, e Felipe Henrique Ferreira Ramos, 17, morreram no local e foram sepultados no sábado. Nesta segunda-feira (22), familiares e amigos devem se despedir de José Joaquim Ramos Filho, 77, no cemitério de Camaragibe.

Maria do Carmo Ramos, 60 anos, irmã de José Joaquim, teve alta na manhã do sábado (20), do Hospital Otávio de Freitas, em Tejipió, Zona Oeste do Recife. Bárbara Stephanie, 18 anos, neta de Maria do Carmo, deixou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Caxangá, na Iputinga, também na Zona Oeste na manhã da própria sexta-feira.

Investigação

A delegacia do município vai investigar o acidente, mas a principal suspeita é que tudo tenha sido mesmo provocado pelo vazamento de gás de cozinha.


Mais Lidas