COTEL

Polícia prende suspeito de matar militar reformado do Exército em 2017


O sargento reformado do Exército, Nilton Pedro de Lima, de 52 anos, teria sido morto por combater o tráfico de drogas do suspeito

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 25/04/2019 às 15:54
Reprodução/ TV Jornal
FOTO: Reprodução/ TV Jornal
Leitura:

Já está no Cotel, em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, o homem suspeito de matar um sargento reformado do Exército em 2017, em Rio Doce, Olinda. Segundo a polícia, ele tem envolvimento com o tráfico de drogas e com outros homicídios.

Gustavo Felipe da Silva de Oliveira, de 23 anos, conhecido como Baixote, foi preso em flagrante, na casa dele, que fica na quarta etapa de Rio Doce, em Olinda. Os detalhes da prisão foram divulgados nesta quinta-feira (25), em coletiva de imprensa.

Gustavo foi preso em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. De acordo com a polícia, ele é suspeito de praticar 5 homicídios. Sendo três em Olinda e dois no município de Paulista.

Um dos crimes aconteceu em 2017 e vitimou o sargento reformado Nilton Pedro de Lima, de 52 anos, como explica o delegado de Olinda, Augusto Cunha. “Ele já é investigado por uma série de homicídios, inclusive esse do sargento do Exército. Esse inquérito está sendo apurado por uma outra delegacia, mas os informes é de que a motivação seria porque o sargento aposentado trabalhava como vigia na região e estaria se opondo à prática de tráfico no local”, detalhou.

O delegado de Paulista, Victor Leite, conta que o suspeito atuava na Cidade Tabajara, que fica entre Olinda e Paulista.

Confira os detalhes na reportagem de Marcela Maranhão:

Prisão

A polícia conseguiu chegar ao suspeito por meio de denúncias anônimas. Com ele, foram apreendidos um revólver calibre 38, uma pistola ponto 45, munições, uma pequena quantidade de maconha e dinheiro.


Mais Lidas