CRÍTICA

Bolsonaro rebate Lula e diz que o ex-presidente não deveria falar


"Presidiário tem que cumprir sua pena e não dar declaração", disparou Bolsonaro quando questionado sobre a entrevista do ex-presidente Lula

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 27/04/2019 às 13:55
Agência Brasil
FOTO: Agência Brasil
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro comentou neste sábado (27) a entrevista do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, concedida aos jornais Folha de S.Paulo e El País, com autorização da Justiça. Na entrevista, realizada nesta sexta-feira (26), Lula disse que o Brasil está sendo governado por um "bando de malucos".

"Olha, eu acho que o Lula, primeiro não deveria falar. Falou besteira. Maluco? Quem é do time dele? Grande parte está presa, está sendo processada. Tinha um plano de poder, onde finalmente nos roubaria a liberdade", disse Bolsonaro. O presidente criticou a autorização da Justiça para que Lula pudesse ser entrevistado na prisão, em Curitiba. "Acho que é um equívoco, um erro da Justiça, tê-lo dado direito a dar uma entrevista. Presidiário tem que cumprir sua pena e não dar declaração", encerrou.

Entrevista

A primeira entrevista de Lula após prisão ocorreu nesta sexta-feira (26)
A primeira entrevista de Lula após prisão ocorreu nesta sexta-feira (26)
Reprodução de vídeo/El Pais

Foi em um pequeno auditório da superintendência da Polícia Federal em Curitiba, nesta sexta-feira (26), que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu sua primeira entrevista desde que foi preso, em abril de 2018. Em um trecho do vídeo divulgado pelo El País, o petista afirmou que quer "desmascarar" o ex-juiz federal Sergio Moro e o procurador da República Deltan Dallagnol e que não trocará sua "dignidade" pela "liberdade".

"Eu tenho tanta obsessão de desmascarar o Moro, desmascarar o Dallagnol e sua turma, desmascarar aqueles que me condenaram, que eu ficarei preso cem anos, mas não trocarei minha dignidade pela minha liberdade. Eu quero provar a farsa montada", afirmou.

Ouça os detalhes na reportagem de Ivan Junior:

Lula diz que o Brasil é governado por 'maluco'

Em relação ao atual presidente Jair Bolsonaro, o petista disse que ''ou ele constrói um partido sólido, ou não perdura'' e aconselhou a elite brasileira fazer uma autocrítica depois do resultado das eleições. "Vamos fazer uma autocrítica geral nesse país. O que não pode é esse país estar governado por esse bando de maluco que governa o país. O país não merece isso e sobretudo o povo não merece isso", disse.


Mais Lidas