INSEGURANÇA

Grande Recife registra mais de 700 assaltos a ônibus em 2019


Abril já contabiliza 172 investidas contra coletivos

Arlene Carvalho
Arlene Carvalho
Publicado em 29/04/2019 às 6:52
Michelle Souza/JC Imagem
FOTO: Michelle Souza/JC Imagem
Leitura:

O ano de 2019 já registrou, de 1º de janeiro até o momento, 701 assaltos a ônibus no Grande Recife. As informações são da editoria de polícia da Rádio Jornal, em parceria com o Sindicato dos Rodoviários. Abril já contabiliza 172 investidas contra coletivos.

Nas últimas 72h, foram contabilizados 17 assaltos na Região Metropolitana do Recife (RMR). E apenas nas últimas 24h, oito ônibus, sendo dois do segmento BRT foram assaltados.

Confira as linhas, com horário e local, que sofrem investidas:

21h20 - T.I. Xambá/Príncipe - Sítio, Novo, Olinda

17h10 - BRT T.I. Pelópidas/PCR - Bultrins, Olinda

11h35 - T.I. TIP/Conde da Boa Vista - Torrões, Recife

13h - Cabo de Santo Agostinho/Cais de Santa Rita - Pontezinha, Cabo de Santo Agostinho

20h - Cucurana/Cajueiro Seco - Pontezinha, Cabo de Santo Agostinho

21h35 - Cohab/Cajueiro - Prazeres, Jaboatão dos Guararapes

15h30 - BRT T.I. Abreu e Lima/PCR - Guadalupe, Olinda

20h40 - Curado IV/Barra de Jangada - BR-101, Jaboatão dos Guararapes

Nota da SDS

Por meio de nota, apesar dos números alarmantes, a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) disse que os casos de roubos a ônibus estão reduzindo e rebateu os dados coletados pela editoria de polícia da Rádio Jornal.

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco informa que as denúncias de roubo a coletivos permanecem em redução no Estado. De janeiro a março deste ano, o total de ocorrências notificadas foi 18,36% mais baixo do que no intervalo correspondente em 2018, passando de 207 para 169 casos. Considerando o mês de abril até esta segunda-feira (29), dados preliminares apontam que o total deste ano chega a 231 casos, contra 260 no mesmo período do ano passado.

Portanto, conforme estatísticas oficiais, baseadas em boletins de ocorrência e no cruzamento de informações com a Urbana-PE, está equivocado o dado de 700 investidas a coletivos, repassado pelo Sindicato dos Rodoviários.

A SDS desconhece a metodologia utilizada pelo Sindicato dos Rodoviários. Também é importante ressaltar que a Urbana-PE reconhece e utiliza os dados oficiais para o planejamento das ações de segurança adotadas pelas empresas de ônibus.

(Matéria atualizada às 16h10 para acréscimo de nota da Secretaria de Defesa Social)


Mais Lidas