Direitos humanos

Em 11 anos, Cadastro Nacional contabiliza mais de 12 mil adoções


Existem hoje 9.566 crianças e adolescentes à espera de adoção no país

Arlene Carvalho
Arlene Carvalho
Publicado em 30/04/2019 às 6:36
Arquivo/Agência Brasil
FOTO: Arquivo/Agência Brasil
Leitura:

O Sistema Integrado do Cadastro Nacional de Adoção (CNA) completou nessa segunda (29) 11 anos de criação, tendo já realizado mais de 12 mil adoções. Criado pela Resolução 54/2008, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o cadastro tem atualmente 45.923 pretendentes cadastrados e 9.566 crianças e adolescentes disponíveis.

De acordo com o CNJ, desde o início do sistema, o número de adoções foi crescente. No primeiro ano de funcionamento, o cadastro viabilizou 82 adoções. No ano passado, foram efetivadas mais de 2 mil.

O CNA, criado com a finalidade de consolidar dados de todas as comarcas do Brasil referentes a crianças e adolescentes disponíveis para adoção, assim como dos pretendentes, é alimentado diariamente por juízes e pelas Corregedorias-Gerais da Justiça.

Acesso

O acesso é público ao sistema para informações que não sejam sigilosos, como dados sobre volume de pretendentes, crianças e instituições acolhedoras, por exemplo.

O acesso pode ser feito em aqui ou em aqui, clicando em “estatísticas públicas”.


Mais Lidas